Vôlei Campeão: Colégio GGE conquista campeonato regional

Nossas alunas e campeãs do vôlei disputaram nesta quarta-feira, dia 29 de setembro, a final dos Jogos Escolares de Pernambuco 2021, etapa regional. Com vitória em 2 sets, a comemoração pelo resultado foi do tamanho da dedicação do time: gigante!

“Ainda estou rouca de tanto torcer. Gritei e me emocionei. Foi incrível!”, comemorou com entusiasmo Érica Dias, mãe da aluna e atleta, Maria Cecília Dias.

Habilidades que viram conquistas

Maria Cecília, assim como outras integrantes do time, chegou ao Colégio GGE ainda pequena e logo deu indícios de quais potenciais habilidades poderia desenvolver na escola, além da trajetória curricular comum. O percurso no vôlei aconteceu de forma gradual, com um passo dado de cada vez. E é assim que o Programa Corpore Sano trabalha, embasado pela teoria e prática, com foco no preparo físico e na alimentação saudável dos alunos desde a Educação Infantil.

“O vôlei do GGE é exemplo de trabalho bem feito. É referência e tem um significado diferenciado para minha família. O GGE é um colégio que prepara para o esporte e também para a vida. Só tenho a agradecer pela oportunidade e por tanto aprendizado”, reforçou Érica.

Esta foi uma excelente conquista para as alunas atletas, seus familiares, equipe técnica e o GGE como um todo. Realizados pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Educação e Esportes, os Jogos Escolares de Pernambuco garantem vaga para os Jogos Escolares da Juventude, maior campeonato escolar do Brasil.

“O resultado de ontem foi muito esperado. Ainda temos uma etapa importante no estadual para seguirmos rumo ao Rio de Janeiro. Por isso, vamos continuar firmes, ajudando as meninas a focarem nos treinos e também nos estudos. Afinal, somos um tripé de sucesso: o time, a família e a escola”, afirmou Suênia Santos, mãe da aluna e atleta, Mariana Santos.

Mariana Santos e Maria Cecília

Mariana Santos e Maria Cecília Dias ainda crianças na quadra do GGE

Atletas com raízes no GGE

Na arquibancada, a torcida GGE era grande, composta por amigos e familiares das atletas. Suênia foi uma das mães que acompanhou a final de perto e declarou o tamanho da admiração pela trajetória da filha: “Mari começou a fazer vôlei no GGE com 7 anos. O resultado de hoje é fruto da persistência, disciplina e muito treino”.

Além de citar três pontos importantes, que contribuíram para a vitória do time, Suênia relembra o empenho também realizado dentro de casa, com a participação ativa da família. “O suporte oferecido pela equipe técnica é completo, desde o preparo físico ao acompanhamento emocional. E, para dar continuidade a esse maravilhoso trabalho, seguimos com os cuidados em casa. Com uma dieta alimentar específica e uma rotina de sono bem equilibrada”, complementou.

Esse é um autêntico time GGE, formado por alunas que ingressaram no processo de iniciação esportiva do Colégio desde cedo e, com o desenvolvimento de suas habilidades, hoje alcançam excelentes conquistas.

“Esse resultado é muito importante pra gente. Agradecemos ao nosso treinador [Ricardo França] e ao nosso Colégio que sempre ofereceu toda estrutura e apoio necessários”, comentou Isabel Holanda, capitã do time.

Olhar atento

Profissionais engajados nos Programas do Colégio e atentos ao desenvolvimento dos alunos, é assim que nossa equipe de professores, coordenadores e gestores atua todos os dias. “Percebemos que as meninas tinham grande potencial a ser fortalecido cada vez mais, então elaboramos um projeto de parceria entre o GGE e o Instituto Novo Esporte (INE) com intuito de reforçar o trabalho realizado pelo Programa Esportivo do Colégio. Apresentamos a proposta para as famílias, que abraçaram de imediato a iniciativa”, explicou o treinador Ricardo França.

Os treinos são intensos e acontecem quatro vezes na semana. Além do treinamento técnico, preparação física e fisioterapia, as atletas recebem também todo o suporte da psicologia do esporte. Com dedicação das jogadoras, envolvimento das famílias e estratégia técnica pensada nos detalhes, a vitória desta semana foi uma excelente resposta ao projeto que começou anos atrás. “As meninas estavam muito bem preparadas e confiantes. Para uma equipe em quadra, isso é fundamental”, completou Suênia, mãe e fã do time.

TIME CAMPEÃO

Notícias Relacionadas

0 respostas

Deixe uma Resposta

Deseja deixar seu comentário?
Comente e participe! Sua opinião é muito importante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.