Projeto auxilia alunos com dificuldades pedagógicas

Para uma parcela dos estudantes, o começo do ano letivo representa lidar com a frustração de ter sido reprovado no semestre passado. A expectativa de cursar uma nova série troca de lugar com a adaptação a uma nova turma e com a necessidade de rever conteúdos e superar dificuldades, o que requer mais atenção de pais e professores. No Colégio GGE, com o retorno das aulas no primeiro semestre, um projeto entra em cena para auxiliar os alunos do Ensino Fundamental 2 e Médio que tiveram dificuldades pedagógicas no ano anterior.

Intitulado de Recomeçar, o projeto tem como objetivo elevar a autoestima desses estudantes, tendo sido aprovados ou reprovados pelo conselho, através de dinâmicas de acolhimento. Desenvolvido pelo Serviço de Orientação Educacional e Psicológica (SOEP) do GGE, propõe aos alunos uma análise das dificuldades vivenciadas no último ano e de como é possível melhorar a rotina de estudos e o desempenho em sala de aula. O interesse pelos conteúdos que serão vistos em sala de aula é estimulado através do apoio aos jovens que se sentem novamente motivados a alcançar suas metas escolares.

Ao participar da iniciativa do GGE, o aluno entende que é possível transformar a experiência negativa em aprendizado para novas oportunidades.

“O projeto Recomeçar, desenvolvido pelo SOEP, oferece a possibilidade para esse aluno estabelecer suas metas, rever o que foi feito no ano passado e refletir sobre o que é preciso fazer para melhorar a performance nos estudos”, ressalta a psicóloga do Ensino Médio, Thais Oliveira.

A ideia é motivá-los para esse novo ano. No Recomeçar, trazemos a questão da reflexão sobre esses novos projetos, pois é importante pensar sobre o que é preciso deixar para trás nessa história, aquilo que não deu certo, e trazer um novo gás, uma nova organização, inclusive sobre a rotina escolar”, explica a psicóloga do Ensino Fundamental 2, Laísa Moreno.

Para os professores que vão lidar com esses alunos, o projeto Recomeçar também funciona como um suporte, como comenta o docente de Língua Inglesa, Hudson Ribeiro: “É um projeto belíssimo, é completamente emocionante ver o envolvimento dos alunos e a maneira como o SOEP conduz esses momentos. Os alunos têm a oportunidade de se colocar e dizer o que estão sentindo e como se sentem em relação ao que é recomeçar e é maravilhoso ver como, a partir dessa vivência, eles ficam dispostos a dar um novo rumo e continuar seguindo na direção do sonho de uma aprovação”.

Notícias relacionadas:

0 respostas

Deixe uma Resposta

Deseja deixar seu comentário?
Comente e participe! Sua opinião é muito importante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.