Nos dias 5 e 10 de outubro, nossos alunos ARRASARAM no GGE CULTURAL 2019! Aperte o play no vídeo a seguir e vem conferir tudo o que rolou na edição deste ano, que contou com o tema “Da história da arte à arte de contar histórias”:

Diversas culturas se encontraram em forma de culinária, dança, música e encenações no GGE Cultural, evento bienal que envolve professores, estudantes e famílias no desenvolvimento da aprendizagem, do repertório e do trabalho em equipe. A programação envolveu alunos do Colégio GGE no Recife (na Arena Pernambuco) e em Caruaru (na unidade GGE).

As crianças do Ensino Fundamental 1 trouxeram para o evento encenações criadas a partir da contação de histórias. Em ambiente escolar, foram trabalhados os tipos de gêneros, os elementos das histórias, as características dos personagens; e tudo criou vida pelas mãos dos próprios alunos.

“Trabalhamos a arte de contar histórias através dos contos, dos livros, dos seriados, ao longo do ano. A ideia é ampliar o imaginário infantil, criamos um cenário para que as crianças vivenciem a história”, explica a gestora pedagógica da Educação Infantil e do Ensino Fundamental 1 do Colégio GGE, Anabelle Veloso.

Os pais aplaudiram apresentações como a origem do mundo segundo a mitologia chinesa, do 3° ano do Ensino Fundamental 1, Unidade Benfica, e a encenação da parábola bíblica do Filho Pródigo, ensaiada pela professora Tatiana Brandão.

“Toda essa construção está relacionada à contação de histórias”, completa Anabelle.

Os estudantes do Ensino Fundamental 2 puderam optar por uma das categorias fotografia, artes plásticas, teatro musical, cinema, música, moda e gastronomia para produção de seus trabalhos, que traziam informações como origem, influência, objetivo e utilização da obra exposta e ainda sobre os tipos de materiais usados para compor suas criações. Todo processo de criação contou com o suporte da equipe pedagógica do GGE.

“Os trabalhos e apresentações dos alunos foram produzidos em grupo, pois estimulamos a cooperação, a liderança e a produção coletiva. Os professores, além do suporte técnico, orientaram os alunos com relação à divisão de tarefas, às estratégias para apresentação, aos ensaios das danças. Durante essas orientações, foram retomados os conhecimentos produzidos ao longo do ano relacionados ao tema, que geraram uma conexão do conhecimento com a prática”, enfatiza Anabelle Veloso.

Dentro de cada categoria, o aluno ou grupo pôde escolher subcategorias relacionadas ao tema principal. Movimentos estrangeiros também estavam entre os assuntos abordados para que os inscritos conseguissem observar a cultura em uma perspectiva global de influência.

“Diferente da Mostra de Iniciação Científica (MIC), o GGE Cultural veio para permear a cultura, a arte e a humanidade como um todo, mostrando que o conhecimento não é apenas o científico. A ideia é possibilitar aos alunos e familiares um momento de demonstração, trabalho e aperfeiçoamento das habilidades em áreas que permeiam a formação do jovem. Foram inúmeras possibilidades para o aluno escolher e desenvolver suas competências artísticas”, explica o gestor pedagógico do Ensino Fundamental 2 e Médio do GGE, Tayguara Velozo.

Gostou? Então confira também a cobertura fotográfica do evento.

0 respostas

Deixe uma Resposta

Deseja deixar seu comentário?
Comente e participe! Sua opinião é muito importante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.