Dicas de passeios educativos para o período de férias

Janeiro é sinônimo de férias. Praia, cinema, parques… independente da programação, os pais precisam pensar que estes também podem ser oportunidades de aprendizagem. Apesar de ser um momento de descanso, as férias se transformam também em uma grande oportunidade de estimular os filhos pedagogicamente, de forma ainda mais lúdica e significativa através da interação com a família e amigos em contextos para além da sala de aula.

Se na escola os jogos são planejados cuidadosamente com uma seleção criteriosa dos conteúdos a serem abordados, reforço pedagógico e direcionamento do professor, em casa as atividades podem e devem ser mais livres e sem nenhuma cobrança ou objetivo delimitado. Não importa qual a faixa etária, há sempre opções de lazer que contribuirão para o desenvolvimento dos seus filhos. A programação precisa incluir locais que estimulem o senso crítico, o desenvolvimento de habilidades e bons momentos em família.

É claro que as opções de destinos variam de acordo com a idade e com as preferências da criança e da família, mas, há passeios que podem ser programados já pensando no ganho que seu filho pode ter. Há lugares, inclusive, que podem explorar os assuntos que foram vistos em sala de aula, funcionando como uma aula de campo. Museus e teatros, por exemplo, são ótimas opções para os alunos do Ensino fundamental 2 e Ensino Médio. Já os pequenos podem aprender muito com uma simples ida a praia ou em uma visita a espaços ao ar livre.

Ao longo do seu desenvolvimento, a criança está sempre aprendendo e oferecer a ela conteúdos de forma lúdica e simples de ser compreendida é a melhor alternativa. O gosto pela leitura e pelo conhecimento, por exemplo, devem ser incentivados em casa, com o apoio e o exemplo dos pais em todas as faixas etárias.

Enfim, não importa a idade: todo passeio pode (e deve) ser transformado em aprendizado. É claro que alguns lugares contribuem para aguçar a curiosidade e o entendimento da criança e para o estímulo ao desenvolvimento cognitivo e social delas. Construir programações de férias contribui, inclusive, para criar nos filhos novos hábitos como o de ir a um museu, por exemplo. São novos destinos e descobertas que eles poderão levar para toda a vida.

Quer algumas dicas de passeios educativos em Pernambuco? Pegamos algumas sugestões com os professores do GGE e construímos um e-book cheio de sugestões de destinos. É só baixar!

Notícias relacionadas:

0 respostas

Deixe uma Resposta

Deseja deixar seu comentário?
Comente e participe! Sua opinião é muito importante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.