Como cuidar do bem-estar e saúde mental na adolescência

Durante todo o mês de setembro, a equipe do Colégio GGE trabalhou temas relacionados ao desenvolvimento de habilidades socioemocionais e sensibilização em relação aos temas depressão e combate ao suicídio. Fechando a programação do Setembro Amarelo GGE, trazemos um podcast produzido pelas psicólogas do SOEP, Laísa Moreno, Liliane Nascimento, Thais Oliveira, e mediado pela gestora pedagógica do Ensino Fundamental 2 do GGE Boa Viagem, Nathalia Figueiredo. A proposta é apresentar aos pais algumas dicas sobre como cuidar do bem-estar e saúde mental dos adolescentes.

Esse é um tema bastante relevante no período em que vivemos, principalmente considerando todas as transformações físicas e emocionais da adolescência. É importante para os pais se aproximarem da realidade de seus jovens. Por isso, é preciso, antes de tudo, se pensar em autoconceito. Isso representa para os adolescentes a construção individual e particular do que eles pensam sobre si. Quanto mais se aproxima da realidade deles, mais se consegue entender os adolescentes e a forma como eles expressam isso no mundo. Essa compreensão ajuda a fortalecer o relacionamento e a construir uma base sólida”, afirma a psicóloga Thaís Oliveira.

Além da construção da autoestima e de como este processo é importante para que o adolescente possa se reconhecer, se identificar e construir um posicionamento seguro da sua personalidade, o podcast também fala sobre como a família pode e deve ser uma referência forte na vida do jovem. “família precisa entender que são referencias fortes na vida do jovem e que é preciso que haja espaço para os diálogos”, pontua Nathália Figueiredo.

Vale ressaltar que o Colégio GGE possui diversos projetos desenvolvidos com o intuito de fortalecer e abordar a inteligência emocional dos alunos. Para a campanha do Setembro Amarelo, na Educação Infantil, por exemplo, o tema foi trabalhado ajudando as crianças a nomear as emoções. Mais na frente, no Ensino Fundamental 1, os alunos foram incentivados a entender como as emoções aparecem neles e nas outras pessoas, através da regulação emocional. Em seguida, no Ensino Fundamental 2, as crianças trabalharam sobre como se autorregular suas emoções. Já no Ensino Médio, o foco é foi o fortalecimento da saúde emocional.

Trabalhamos setembro como mês de conscientização da nossa saúde e de quem está ao nosso redor. É um mês de reflexão sobre a importância de valorização da vida. Mas, em todo o ano, o tema é tratado e estamos sempre realizando o acompanhamento dos alunos e o atendimento aos pais”, ressalta Liliane Nascimento.

Quer saber mais? Escute o podcast que preparamos para vocês!

Notícias relacionadas:

0 respostas

Deixe uma Resposta

Deseja deixar seu comentário?
Comente e participe! Sua opinião é muito importante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.