Aula de Música do GGE: Conheça o ritmo Xote e seus instrumentos musicais

O ritmo xote nasceu na Alemanha, com o termo “Schottisch”, que significa “escocesa”, referindo-se à dança polca escocesa. Em meados de 1851, chegou ao Brasil através de José Maria Toussaint e, logo, tornou-se muito apreciado pela elite no período do Segundo Reinado. Com o tempo, o Schottisch caiu no gosto popular, passando a ser chamado de “xótis” ou simplesmente “xote”. Os passos da música foram ganhando algumas adaptações, incluindo o gingado dos escravos.

O xote se tornou muito versátil, obtendo algumas variações vindas de ritmos que possuem marcação semelhante. Hoje, ele pode ser encontrado em várias partes do Brasil, desde o xote gaúcho com os estilos xote-carreirinho e xote-duas-damas, até nos forrós nordestinos.

Os instrumentos musicais que estão mais presentes nesse tipo de música são a sanfona, a zabumba, o triângulo, o ganzá e o agogô.

Para apresentar este ritmo tão tipicamente nordestino aos alunos da Educação Infantil e Ensino Fundamental 1, o professor de música Ebis Dias Filho, em parceria com o GGETV, desenvolveu um vídeo divertido e educativo, que apresenta os principais instrumentos musicais do xote. Aperte o play e confira o resultado:

Fontes:

  • Wikipedia (Acessado em 30 de novembro de 2018, às 13h50)
  • Infoescola (Acessado em 30 de novembro de 2018, às 13h50)
  • Significados (Acessado em 30 de novembro de 2018 às, 14h09)
0 respostas

Deixe uma Resposta

Deseja deixar seu comentário?
Comente e participe! Sua opinião é muito importante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.