Colégio GGE – Recife-PE

Home  »   Reportagens  »  Projetos Pedagógicos  »  Detalhe

Projeto INSERE – Transição do 5º ano do Fundamental I para o 6º ano do Fundamental II

ladoO Projeto Insere tem por objetivo preparar, informar e facilitar a adaptação dos alunos do Colégio GGE para cada mudança de etapa na vida escolar. Estão envolvidos nesta ação os gestores, coordenadores, professores e psicólogas do colégio.

A passagem dos alunos no encerramento do Fundamental I acarreta mudanças bem mais perceptíveis. Ela vem acompanhada de transformações físicas (pré-adolescência), o que por si só já gera muita insegurança para meninos e meninas com média de idade entre 09 e 10 anos. É quando a vida escolar também muda, uma vez que os alunos terão diversas matérias e vão conviver com mais docentes. Há que se ressaltar também que o comportamento durante as aulas vai exigir mais organização e foco por parte do estudante.

É o momento de dar mais apoio e ajudar o aluno a passar por essa fase de maneira saudável. Eles precisam aprender a dividir o tempo para poder concluir o estudo de todas as disciplinas com o mesmo grau de envolvimento em cada uma delas. É um período em que os alunos precisam conquistar e se relacionar com vários professores e com colegas de idades diferentes, afinal de contas, eles eram os mais velhos do Fundamental I e agora serão os mais novos do Fundamental II e estas questões podem gerar insegurança. Além do surgimento de aspectos próprios da idade e as relações interpessoais entre eles adquirem maior complexidade.

Neste ano, a equipe do Colégio GGE realizou algumas atividades diferentes para facilitar esta transição. Foram realizados diversos encontros dos alunos com coordenadores (pedagógico e formativo), professores do 6º ano, psicóloga e outros alunos do 6° ano para que pudessem esclarecer dúvidas e trocar experiências.

Os alunos vivenciaram um dia de aula no Fundamental II, desde a sala de aula até o recreio, na compra de seu lanche, no uso da calça jeans, etc. Foi uma experiência bastante enriquecedora de inserção dos alunos no Fundamental II.

É preciso valorizar esse novo passo e evitar associá-lo apenas as provas e a escassez do brincar, pois eles precisam compreender junto à família, que a ansiedade e os medos fazem parte do processo de crescimento, devendo ser encarados com naturalidade.

Promover a autonomia e enfatizar sua capacidade de adaptar-se à nova realidade é sempre o melhor caminho para que o nosso aluno cresça de maneira saudável e confiante em si.

 

 

One Response to “Projeto INSERE – Transição do 5º ano do Fundamental I para o 6º ano do Fundamental II”

  1. Ana Karina de Miranda Tenório disse:

    Parabéns pelo preparo e dedicação dispensados à esse momento.

Enviar um comentário