Colégio GGE – Recife-PE

Home  »   Reportagens  »  Responsabilidade Socio-ambiental  »  Detalhe

Alunos da 5º série do GGE promovem campanha de conscientização ecológica

De 100 a 500 anos. Este é o tempo que a natureza leva para degradar pilhas e baterias de celulares. Pior: para alguns metais pesados este tempo pode ultrapassar milhares e até milhões de anos. Informações como estas são alguns dos argumentos que um grupo de alunos da 5ª série do GGE III usou para chamar atenção para o problema da poluição por metais pesados e lançar a campanha “Colégio GGE na Coleta de Pilhas e Baterias”.

Coordenados pelo professor de Biologia e Ciência, Marcos Alexandre Barros, os alunos visitaram salas de aula e recolheram o lixo químico para encaminhar à reciclagem e elaboraram um cartaz para a campanha onde indicam a recepção do colégio também como um local de coleta.

O cartaz traz ainda um incentivo extra: a cada 3 pilhas ou uma bateria de celular entregues, os participantes recebem cupons para concorrer a prêmios. Os alunos alertam também sobre os perigos de explosões das pilhas e baterias em contato com o fogo ou entre si, além da recomendação para não recarregar pilhas e baterias que não tenham especificados em seus rótulos as palavras “recarregável” ou “rechargeable”.

O grupo percebeu a importância da recolher esse material a partir de uma pesquisa realizada por eles próprios no colégio. De acordo com as respostas dos questionários aplicados, 63% dos entrevistados jogam pilhas e baterias no lixo, 27% guardam em casa, 3% doam aos empregados e 7% colocam nos coletores específicos.

Outra constatação importante é que a maioria das pessoas desconhece a legislação do Conselho Nacional de Meio Ambiente que determina que “as pilhas e baterias, após o seu esgotamento energético, deverão ser devolvidas pelos usuários aos estabelecimentos que as comercializam”.

Baterias e pilhas têm em suas composições metais pesados altamente tóxicos, como o cádmio, níquel, chumbo e mercúrio. Além de poluir o solo, lençóis freáticos e rios, estes metais causam males também a saúde humana, como problemas renais, pulmonares, mentais e até a morte.

[nggallery id=81]

Enviar um comentário